Modalidade semipresencial: por que escolher esse formato?

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 7 minutos

Em tempos em que a tecnologia está cada vez mais presente em nosso dia a dia, mudanças podem ser percebidas em diversos setores, inclusive na educação. Afinal, se antes era possível acompanhar uma aula apenas presencialmente, hoje a modalidade semipresencial e o ensino a distância dão uma nova perspectiva para quem deseja estudar com flexibilidade.

A flexibilidade trazida tanto pela modalidade semipresencial quanto pelo EaD permitiu que pessoas com uma rotina corrida devido ao trabalho, por exemplo, conseguissem ter acesso aos estudos fazendo seus próprios horários

Segundo estudo divulgado pelo Instituto Semesp, o número de matrículas em cursos a distância cresceu 9,8% no primeiro semestre de 2021, mostrando como essa modalidade tem sido a mais procurada, principalmente devido a suas vantagens.

Mas qual a diferença entre essas modalidades? Há diferenças entre elas com relação à qualidade dos estudos? Neste artigo, portanto, você saberá um pouco mais e com mais detalhes sobre a modalidade semipresencial.

O que significa modalidade semipresencial?

A modalidade semipresencial é uma modalidade de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) desde o ano de 2004. Neste formato, você tem a mobilidade do ensino a distância, mas também a possibilidade de trocar experiências com professores e colegas presencialmente.

Ou seja, além de ter todo o suporte online através das plataformas de ensino e materiais digitais, você pode participar de encontros presenciais que ocorrem semanalmente na própria instituição de ensino. 

Como funciona o semipresencial?

Na modalidade semipresencial as disciplinas são ministradas alternando entre encontros presenciais e atividades na plataforma online. Nos encontros presenciais você pode tirar dúvidas pontuais com os professores, assim como fazer networking com os colegas. Já online, há fóruns disponíveis para discussões e atividades de fixação.

Além disso, as avaliações são, geralmente, presenciais. Há ainda faculdades semipresenciais que permitem agendar a melhor data para a realização das provas.

A imagem contém uma estudante fazendo aula online através da modalidade semipresencial.
A modalidade semipresencial traz flexibilidade para você estudar onde e quando quiser, mas também te dá a oportunidade de participar de encontros presenciais!

É bom fazer faculdade semipresencial?

Como já dito, o maior benefício de um curso na modalidade semipresencial é a flexibilidade com relação aos horários. Além disso, a possibilidade de encontros presenciais permite interagir com alunos e professores e aumentar o networking.

Ter flexibilidade com relação aos horários de estudos permite a você ajustar sua agenda de acordo com suas necessidades. Por exemplo, se você trabalha durante o dia nos cinco dias da semana, você tem o período da noite ou até os fins de semana para estudar. Isto permite que você consiga organizar os horários de forma dinâmica.

Outra vantagem é poder estudar em qualquer lugar, sem perder tempo ou gastar dinheiro com locomoção todos os dias até a instituição de ensino, por exemplo. Essa flexibilidade permite também o acesso ao conteúdo onde quer que você esteja. Você pode, por exemplo, ler um artigo enquanto vai de ônibus até o trabalho.

Qual a diferença entre EAD e semipresencial?

A principal diferença entre a modalidade semipresencial e a EAD consiste na possibilidade dos encontros presenciais na primeira. Ou seja, em um curso na modalidade semipresencial você tem acesso a encontros presenciais regulares, enquanto no ensino a distância o aprendizado é 100% online. 

No mais, há aspectos semelhantes como a realização das avaliações de forma presencial, e a disponibilidade de aulas online que podem ser acessadas onde e quando você quiser, por exemplo.

Qual a diferença da graduação flex e semipresencial?

O termo graduação flex equivale à modalidade semipresencial. Isto é, uma modalidade que mescla o ensino a distância e o ensino presencial. Portanto, não há diferenças entre a graduação flex e semipresencial. São apenas duas maneiras diferentes de tratar uma mesma modalidade de ensino.

Qual é melhor: faculdade presencial ou semipresencial?

A melhor faculdade será aquela que atenderá melhor às suas necessidades. Afinal, uma faculdade de excelência, seja ela presencial ou semipresencial, é aquela bem avaliada pelo MEC e também a que dispõe das melhores ferramentas para seus estudantes.

Além disso, tanto o diploma presencial quanto o semipresencial possuem o mesmo peso na hora de se candidatar a um emprego. Como já dito, o que dará destaque no seu processo seletivo será a qualidade da instituição de ensino em que estudou. 

Portanto, ao avaliar para qual modalidade de ensino se inscrever, considere as suas necessidades como, por exemplo, o tempo que tem disponível para estudar.

5 coisas que você precisa saber sobre a modalidade semipresencial

Por ser uma modalidade que une o ensino presencial e o EaD, a modalidade semipresencial possui algumas particularidades. Dessa forma, ela pode deixar algumas dúvidas em quem está pretendendo se inscrever em um curso.

Por isso, a seguir, trouxemos cinco coisas que você precisa saber sobre a modalidade semipresencial. Confira!

  1. A presença nos encontros presenciais é obrigatória. Muitas vezes, aliás, tem peso maior que a realização de atividades online.
  2. A frequência dos encontros presenciais varia entre cursos e faculdades. Dessa forma, os encontros podem ser semanais, quinzenais ou mesmo mensais.
  3. Com o ensino semipresencial, você pode conciliar as aulas com o trabalho, de acordo com sua necessidade.
  4. O corpo docente é, em geral, altamente qualificado e a metodologia de ensino se adequa ao formato semipresencial, proporcionando, assim, qualidade no aprendizado.
  5. Algumas avaliações feitas anualmente pelo MEC ajudam você a escolher a melhor instituição para fazer seu curso semipresencial. São elas, por exemplo: o Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC),  o Conceito Preliminar de Curso (CPC) e o Conceito Enade. 
A imagem contém um infográfico ilustrativo com as cinco coisas que você precisa saber sobre modalidade semipresencial.
Infográfico “Tudo o que você precisa saber sobre curso semipresencial”

Quais as melhores faculdades com cursos semipresenciais?

Se você mora no Norte, Nordeste ou São Paulo e quer começar a estudar na modalidade semipresencial? Então, fique de olho nas universidades Faci, Facimp, Fmf, UniFacid, Unimetrocamp, UniRuy, UniFBV, UniFavip e UniFanor que anunciaram lançamento dos cursos de graduação na modalidade semipresencial, são alguns deles:

BIOMEDICINA
CIÊNCIAS DA COMPUTAÇÃO
EDUCAÇÃO FÍSICA – BACHARELADO
ENG. AMBIENTAL E SANITÁRIA
ENGENHARIA CIVIL
ENG. DE PRODUÇÃO
ENGENHARIA ELÉTRICA
ENGENHARIA MECÂNICA
ESTÉTICA E COSMÉTICA
FARMÁCIA
FISIOTERAPIA
Tabela de cursos na modalidade semipresencial.

Como dito no decorrer deste conteúdo, na graduação semipresencial, o estudante poderá contar com a flexibilidade de estudar a distância a qualquer hora e lugar, junto com encontros presenciais que irão potencializar sua aprendizagem.

As universidades já oferecem uma gama bem completa de cursos presenciais e a distância (EAD) e agora complementam o portfólio com esse novo conjunto de graduações semipresenciais. 

O objetivo é ampliar a liberdade de escolha do aluno para que ele decida o que, efetivamente, atende melhor suas necessidades. 

Ficou interessado? Então, aproveite e inscreva-se.

Clique aqui para ter mais informações ou ligue no 0800 771 5001 (gratuito).

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios