Quantas horas estudar por dia para o Enem?

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 8 minutos

Toda a preparação para realizar a prova do Enem exige planejamento e organização. Entretanto, fazer isso envolve duas variáveis: tempo e quantidade de conteúdos. Afinal, quantas horas estudar por dia para o Enem?

Quando você tem tempo para planejar e organizar sua rotina de estudos, definir quantas horas estudar por dia para o Enem assim como distribuir as disciplinas ao longo do dia é uma tarefa bem fácil. No entanto, quando a data do Enem se aproxima, esse planejamento pode não ser tão fácil assim.

Continue lendo este artigo e saiba se planejar e se organizar sobre quantas horas estudar por dia para o Enem!

O que mais cai no Enem?

Para organizar seus estudos, você precisa, primeiramente, saber definir quais são:

  • as disciplinas do Enem;
  • os temas que mais caem no exame;
  • as disciplinas que você tem mais dificuldade.

Atualmente, o Enem é constituído por 180 questões divididas igualmente entre quatro grandes áreas de conhecimento, a saber: Ciências da Natureza e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, Linguagens, Códigos e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias. Além das questões, o exame solicita bém a realização de uma redação.

Já sobre os temas que mais caem no Enem, uma análise apontou que leitura, interpretação de texto, geometria, escala, razão e proporção são os assuntos que mais caíram nas provas entre 2009 e 2020. Por área, a análise trouxe maioria:

  • Leitura e Interpretação de Textos, em Espanhol, Inglês e Língua Portuguesa;
  • Idade Contemporânea, em História;
  • Ética e Justiça, em Filosofia;
  • Mundo do Trabalho, em Sociologia
  • Geometria, em Matemática;
  • Mecânica, em Física;
  • Físico-Química, em Química;
  • Humanidade e Ambiente, em Biologia;
  • Geografia Agrária, em Geografia.

Sabendo quais são os temas que mais caem no Enem e selecionando quais são as disciplinas que você tem mais dificuldade, torna-se mais fácil ir para o próximo passo: como organizar um plano de estudos para o Enem.

Como organizar um plano de estudos para o Enem?

O primeiro passo para organizar um plano de estudos, após ter as disciplinas em mãos, é calcular quanto tempo falta até a realização da prova. Como dito no início, se há muitos dias pela frente, será mais tranquilo distribuir as tarefas. Mas se você tem cerca de semanas e ainda não estudou nada, será preciso correr um pouco.

No entanto, neste segundo caso, é preciso cuidado com essa “corrida”. Afinal, estudar por muito tempo, mas de modo exaustivo pode piorar os resultados do estudo, levando à improdutividade e à falta de rendimento durante a prova.

Dessa forma, saber quantas horas estudar por dia para o Enem pode ajudar você a se organizar ainda mais, tanto se está sobrando tempo quanto se está faltando.

A imagem contém um estudante que sabe quantas horas estudar por dia para o Enem.
Saber quantas horas estudar para o Enem envolve estar por dentro dos conteúdos que mais caem nas provas.

Quanto tempo é necessário para estudar para o Enem?

Um estudo de qualidade para o Enem vai depender de questões como:

  • qual seu objetivo com relação ao curso e à instituição para os quais quer ingressar;
  • quantas e quais são as disciplinas que você tem mais dificuldade e que pode priorizar, considerando seu objetivo;
  • quanto tempo realmente se dedicará aos estudos, considerando outros afazeres.

É importante lembrar novamente que exagerar na quantidade de horas de estudo por dia pode causar exaustão e prejudicar seu desempenho durante a prova. Dessa forma, há uma média de quatro horas de estudo diário recomendada a fim de que você não se canse mentalmente.

Assim, combinando essa quantidade de horas com as questões relacionadas acima, é possível definir quantas horas estudar por dia para o Enem.

Quantos assuntos estudar por dia para o Enem?

Novamente, essa pergunta vai depender de outro fator que, neste caso, será o total de disciplinas selecionadas para estudo. Se você tem pouco tempo e muitas disciplinas, o ideal é adotar estratégias de estudo como o estudo intercalado. 

Através dessa técnica de estudo, você consegue criar ciclos de estudos mesclando diferentes disciplinas. Essa mesclagem ajuda você não só a se organizar, mas também a fixar melhor os conteúdos. A seguir, traremos algumas dicas adicionais sobre como manter o foco nos estudos.

Como manter o foco nos estudos?

Embora você saiba quantas horas estudar por dia para o Enem, você precisa seguir os horários definidos com disciplina e foco. Afinal, de nada adianta estabelecer um cronograma de estudos no papel e não segui-lo.

Por isso, seguir algumas técnicas de estudo, como o método de Pomodoro, por exemplo, e o estudo intercalado, que já citamos aqui, é essencial se você quer manter o foco e não se perder entre uma disciplina e outra. 

Além disso, você precisa ter atenção quanto a alguns hábitos que  podem atrapalhar sua concentração no momento de estudo. A seguir, confira algumas dicas sobre como manter o foco e técnicas de estudo que vão tornar seu estudo ainda mais eficiente.

1. Estude em um local silencioso

Defina um local apropriado para manter o foco nos estudos. Portanto, pense em um local em sua casa, em uma biblioteca ou mesmo na casa de uma amiga ou um amigo, que seja silencioso. 

Neste local, busque manter apenas o que você vai precisar para os estudos. Além disso, procure manter o local organizado e limpo, livre de distrações.

A imagem contém uma estudante escolhendo livros em uma estante de biblioteca.
Bibliotecas são ótimos lugares para estudar se você deseja focar nos estudos.

2. Silencie as notificações dos aparelhos eletrônicos

Aparelhos eletrônicos, embora possam ajudar muito através de aplicativos de estudo, precisam ser silenciados. 

E, aqui, é válido até mesmo desligar a internet, caso você não esteja estudando pelo aparelho. Afinal, quem nunca pegou o celular, mesmo silenciado, para ver as horas e acabou se distraindo com as notificações? 

No entanto, se estudar por aplicativo é um dos formatos de estudo que você adotou, a dica é reservar um tempo apenas para isso, não dividindo sua atenção entre os livros e os apps e focando em apenas um formato.

3. Escute música (lo-fi)

Uma dica que funciona para muitos estudantes é colocar uma playlist musical para acompanhar seus estudos. Dessa forma, um estilo musical muito procurado para focar nos estudos é o lo-fi

Por seu ritmo ser lento, não possuir letras e ser composto por elementos “relaxantes”, como barulho de água, por exemplo, o lo-fi ajuda a acalmar o cérebro, ampliando a concentração ao estudar.

4. Use ferramentas extras como marca-textos e flash cards

O uso de marca-textos é essencial para você selecionar trechos importantes ao longo dos estudos. Isso permite que você possa voltar nesses trechos e reforçar a fixação. E quanto mais coloridas, melhores serão suas anotações.

Outra técnica de estudo é o uso de flash cards. Você pode organizar os trechos que selecionou anteriormente com seus marca-textos em cards de forma a facilitar ainda mais a absorção dos conteúdos.

5. Crie mapas mentais e faça anotações à mão

Os mapas mentais são formas de você organizar o conteúdo que está estudando de 

forma dinâmica e criativa. Para isso, basta você colocar um tema no centro de um papel e fazer setas ligando a conceitos e definições correspondentes.

Relacionado aos mapas mentais está o hábito de fazer anotações à mão. A liberdade de criar conexões entre ideias e conteúdos é maior quando você escreve do que quando digita em um computador.

6. Adote técnicas de estudos

Algumas técnicas de gestão de tempo e organização para os estudos podem ajudar e muito na concentração. Como já dito, quantidade pode não ser sinônimo de qualidade. 

Ou seja, estudar muito por horas seguidas pode levar você à exaustão. Para isso, as técnicas de estudo a seguir estabelecem estratégias para você gerir seu tempo e render mais nos estudos. Confira!

Método de Pomodoro

O método de Pomodoro é uma estratégia de gestão de estudos pela qual você estuda 25 minutos ininterruptos e faz uma pausa durante cinco minutos. Durante essa pausa, você pode se levantar, ir ao banheiro e beber uma água, por exemplo.

Ao fim da pausa, você voltará o foco para os estudos por mais 25 minutos e assim sucessivamente até fechar o ciclo de horas a que se propôs estudar.

Estudo intercalado

A estratégia do estudo intercalado é uma estratégia de organização, em que você define um período de estudo e distribui disciplinas intercaladas. Isto é, ao invés de estudar apenas matemática no período, você divide o tempo em disciplinas diferentes.

Tanto o método de Pomodoro quanto o estudo intercalado podem ser adotados em conjunto, elevando ainda mais a sua produtividade ao estudar.

Após saber todas essas informações sobre quantas horas estudar por dia para o Enem além de como manter o foco nos estudos na reta final, é hora de se organizar.


Para saber qual seu nível de preparação para a realização do exame, o que acha de responder ao quiz a seguir?

Você já estudou o que planejou em seu cronograma de estudos, já está com as fórmulas decoradas e já sabe como estruturar uma redação. Você tem dormido e se alimentado bem nas últimas semanas e se sente bem para enfre

ntar o Enem. Mas, qual seu nível de preparação para o dia da prova? Sabe o que precisa levar e mesmo o que pode te desclassificar? Descubra agora respondendo nosso quiz!

 

Qual seu nível de preparação para o Enem? Descubra agora!

Qual seu nome?
Qual seu e-mail?

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios