Saiba usar a nota do Enem para passar em medicina

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Quem se interessa pela carreira médica sabe que o processo seletivo para conseguir uma vaga no ensino superior está entre os mais concorridos. Contudo, há algum tempo surgiu a possibilidade de passar em Medicina com a nota do Enem.

O Exame Nacional do Ensino Médio passou a ser utilizado como forma de ingresso em vários cursos. Você já conhecia essa oportunidade? Acompanhe a leitura para saber de todos os detalhes relevantes sobre o assunto!

Saiba Mais: Provas do Enem 2020 serão em janeiro e fevereiro de 2021

É possível usar a nota do Enem para passar em medicina?

Sim! Essa é uma boa notícia para os estudantes que desejam ter uma carreira em Medicina, já que quem consegue um bom resultado na prova do Enem pode aproveitar para garantir sua vaga em uma faculdade de Medicina sem precisar passar por outro processo seletivo. Contudo, vale dizer que não são todas as faculdades que permitem esse acesso direto pelo exame.

Nas faculdades públicas, é preciso se inscrever no Sisu (Sistema de Seleção Unificada), que é o programa do governo que distribui vagas disponíveis no ensino superior de acordo com a classificação dos candidatos no Enem.

A chance acontece duas vezes ao ano, para iniciar os estudos no primeiro ou segundo semestre letivo. Para participar, basta ter feito a última edição do exame e não ter zerado a prova de redação. As inscrições são feitas pelo sistema online do MEC (Ministério da Educação) e, como se pode imaginar, há uma grande concorrência.

Já nas instituições particulares geralmente não existe tanta burocracia, mas cada faculdade determina os seus métodos e critérios para selecionar os estudantes. Muitas aceitam as notas do Enem para substituir o vestibular, embora isso seja menos comum no caso da graduação em Medicina.

Uma alternativa é participar do Prouni (Programa Universidade para Todos), que também é uma iniciativa do governo federal. A diferença é que, nessa situação, são distribuídas bolsas de estudos em cursos privados com valor de 50% ou 100% de abatimento da mensalidade.

O processo de inscrição é semelhante ao do Sisu e deve ser feito virtualmente. A questão é que as condições do Prouni são um pouco diferentes. O candidato não pode ter outro diploma universitário, precisa de uma média no Enem igual ou superior a 450 pontos (sem ter zerado a redação) e comprovar renda familiar bruta mensal de até 3 salários mínimos. Mais uma vez, a nota de corte é o fator decisivo para a classificação dos beneficiados.

Qual é a nota de corte no Enem para passar em medicina?

Outro ponto muito importante é que a disputa continua sendo acirrada, mesmo que seja oferecida essa oportunidade. Como o curso de Medicina é o mais concorrido, naturalmente a nota de corte é bastante alta.

Isso significa que a nota mínima necessária para ser aprovado costuma ser maior do que para conseguir uma vaga em outros cursos. Esse valor está relacionado com a média do desempenho dos outros candidatos e com o número de vagas de estudo disponibilizados por cada instituição de ensino.

Sendo assim, é normal que as notas de cortes variem entre uma e outra — por exemplo, uma universidade pública pode ser mais disputada e exigir uma nota de corte maior do que para ingressar em uma universidade privada.

Por isso, não é possível dizer exatamente qual a nota necessária para passar em Medicina, sem contar que, a cada edição do Enem, esse valor varia um pouco — lembra da questão da performance geral dos estudantes?

Normalmente, a nota mínima gira em torno de 800 pontos. No entanto, é claro que ultrapassar esse número aumenta as chances, inclusive de poder escolher entre mais de uma instituição. Para se ter uma ideia, existem cursos que a nota de corte é de aproximadamente 600 pontos.

Como calcular a nota que eu preciso tirar no Enem para passar em medicina

Como dissemos acima, a nota de corte varia todos os anos. Sendo assim, fica difícil calcular com antecedência qual será o valor necessário para conseguir a sua vaga.

As referências dos anos anteriores ajudam a ter um parâmetro. Por exemplo, as notas de corte pelo Sisu em 2019 para Medicina variaram entre 569,77 e 902,05 pontos. A sua meta vai depender de aspectos como:

  • a faculdade que você pretende passar (se é pública ou privada, número de vagas, demanda etc.);
  • o peso das suas notas em cada prova para o curso de Medicina;
  • a localização do campus (existem regiões que são mais concorridas);
  • o turno da graduação;
  • o período de ingresso (no primeiro ou segundo semestre).

Outro fator que pode gerar uma variação é a modalidade em que cada candidato está concorrendo. A ampla concorrência exige notas maiores e quem tem direito ao sistema de cotas consegue entrar com uma nota um pouco mais baixa.

De qualquer forma, só dá para saber o resultado quando todas as notas são divulgadas. Ou seja, ao escolher Medicina, a solução é mesmo se dedicar intensamente aos estudos para aumentar o máximo possível sua probabilidade de ser aprovado.

Como escolher as faculdades que combinam com o seu objetivo?

Segundo dados do Conselho Federal de Medicina, existem cerca de 289 escolas da área atualmente no Brasil, o que significa que os candidatos normalmente têm uma boa variedade de opções. Na verdade, outros critérios acabam influenciando essa decisão, como a preferência por uma instituição ou a disponibilidade de estudar em regiões mais distantes, por exemplo.

Apesar dessas questões, é importante que o estudante escolha uma formação de qualidade na sua preparação para o mercado de trabalho. É importante analisar pontos como a grade curricular, a experiência dos professores e a infraestrutura para o aprendizado.

O curso de Medicina do UniFacid, por exemplo, oferece vários diferenciais, como:

  • um corpo docente formado de mestres e doutores;
  • orientação de carreira e um portal de vagas exclusivo para os alunos;
  • laboratórios bem equipados e modernos;
  • metodologia inovadora e atualizada com as demandas do mercado;
  • parcerias com direito a descontos em vários estabelecimentos.

Saiba Mais: Medicina UniFacid: melhor curso entre as privadas do Piauí

Enfim, passar em Medicina com a nota do Enem é sim algo possível e que deve fazer parte das perspectivas de quem está buscando uma vaga para se formar como médico. Aliás, buscar todo tipo de informação é uma atitude essencial para quem está passando por essa fase. Portanto, fique sempre atento e se esforce ao máximo na preparação para o exame.

Gostou? Fique por dentro de todas as notícias.

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios