Novembro Azul: Prevenção e combate são debatidos por universitários e professores na Martha Falcão Wyden

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 3 minutos


O Instituto Nacional do Câncer (Inca) estimou para o Amazonas, em 2021, o total de 480 casos de câncer. A previsão é assustadora se for levada em consideração a nível nacional: 65.840 casos. De olho no mês alusivo ao Novembro Azul, dedicado às campanhas de prevenção ao câncer de próstata e de pênis, a Faculdade Martha Falcão Wyden reuniu o corpo docente e a comunidade acadêmica para discutir as melhores formas de combate à doença que mata por dia mais de 40 homens no Brasil.

De acordo com a professora de Enfermagem da Martha Falcão Wyden Josiani Nascimento, uma das formas de combate ao câncer é a conscientização do próprio homem para o diagnóstico precoce da doença. A especialista em Saúde Pública destaca que o homem acaba se prejudicando ao resistir a busca do autoatendimento.

“O homem por ser mais reservado, por buscar menos as unidades de saúde, ele fica mais vulnerável ao adoecimento principalmente porque a busca por atendimento à saúde só se dá quando a doença já está instalada. Então, o Novembro Azul, ele vem para alertar, chamar a atenção e para que ele entenda que até mesmo as unidades de saúde, elas estão se diferenciando no atendimento ao homem, elas têm feito também nesse período a extensão do horário de atendimento para que este homem possa ser atendido de forma diferenciada”, informou a docente.

Josiani Nascimento ressalta que a única forma de garantir a cura do câncer de próstata é o diagnóstico precoce. “Mesmo na ausência de sintomas, homens a partir dos 45 anos com fatores de risco, ou 50 anos sem estes fatores, devem ir ao urologista para conversar sobre o exame de toque retal, que permite ao médico avaliar alterações da glândula, como endurecimento e presença de nódulos suspeitos, e sobre o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico). Cerca de 20% dos pacientes com câncer de próstata são diagnosticados somente pela alteração no toque retal. Outros exames poderão ser solicitados se houver suspeita de câncer de próstata, como as biópsias, que retiram fragmentos da próstata para análise, guiadas pelo ultrassom transretal”, explicou.

Programação

Josiani informa que uma programação especial foi montada pelas alunas dos cursos de Saúde da faculdade para conscientizar a comunidade acadêmica e a população em geral sobre a importância dos exames e procedimentos para prevenir o câncer de próstata. o evento ocorrerá no auditório da Faculdade Martha Falcão, localizada na rua Natal, bairro Adrianópolis, zona centro-sul de Manaus.

“Nós enquanto instituição formadora, não poderíamos deixar de estar também chamando a atenção da comunidade acadêmica, dos servidores, de toda a população em geral quanto a importância da prevenção, do diagnóstico precoce quanto ao câncer de próstata e de penis.
As alunas da faculdade Martha Falcão do curso de enfermagem são responsáveis em promover este evento que contará com palestras e debates por renomados especialistas”, disse a professora”, declarou a docente.

Confira:
11 de Novembro
Auditório da Faculdade Martha Falcão Wyden
18h às 19h – Abertura do Novembro Azul
19h às 20h – Palestra Dr. Petrus Oliva – Tema: “Homens quebrando o tabu Saúde x Sexo”
20h às 21h – Palestra Enf. Ricardo Farias – Tema: “Homem também se cuida”
21h às 21h30 – Mesa Redonda

INSCREVA-SE NO EVENTO