6 dicas para passar em Medicina de primeira

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Criar um bom cronograma de estudos, adotar técnicas que favorecem o aprendizado e entender como passar em Medicina de primeira é o que você precisa fazer para conquistar a sua tão sonhada vaga no curso.

O vestibular para Medicina exige uma boa preparação devido à alta concorrência. Como é uma profissão de muito prestígio e que contribui de uma forma nobre para a sociedade, além da estabilidade da carreira, muitas pessoas passam anos em busca de uma vaga na faculdade.

No entanto, o truque não é necessariamente estudar por longas horas diariamente, mas saber o que fazer para absorver o conteúdo de uma maneira eficiente e saudável. Neste post, vamos dar algumas dicas de como passar em Medicina de primeira para ajudar você a chegar cada vez mais perto dos seus objetivos. Acompanhe para saber mais!

Para ajudar você nessa missão tão importante de sua vida, separamos 6 ótimas dicas para fazer com que você se saia bem no dia da prova. Confira, a seguir!

Faça um levantamento dos assuntos que mais caem sobre cada disciplina.

1. Priorize os conteúdos mais relevantes

O principal problema do processo seletivo para o curso é não saber o que vai cair nas provas. Para quem quer cursar Medicina, é necessário acertar, ao menos, 70% de todas as questões, na maioria dos casos. Por isso, um bom desempenho no vestibular é indispensável para que você conquiste a sua vaga.

Tendo em vista que pode ser cobrado qualquer conteúdo do Ensino Médio no seu exame de vestibular, como saber o que estudar? A dica é priorizar o que é mais relevante. Com isso, é necessário fazer um levantamento dos assuntos que mais caem sobre cada disciplina.

A partir desses dados, é só se organizar para estudar o máximo possível sobre esses temas. Caso sobre tempo de preparação, você pode dar atenção também aos assuntos mais periféricos, que têm menos chances de serem abordados na sua prova.

2. Faça resumos

Fazer resumos é essencial para o seu aprendizado. No entanto, ele precisa ser feito por você e não copiado. Ou seja, é necessário que você escreva com as suas palavras o que foi entendido sobre a disciplina estudada.

Isso ajuda a fixar o conteúdo e facilita que você faça consultas para revisão. Segundo a curva de esquecimento do psicólogo Hermann Ebbinghaus, cerca de 60% do que foi aprendido é esquecido em até 9 horas. Por isso, a dica aqui é que você use cada um desses resumos para fazer revisões espaçadas, em prazos de um dia, uma semana, quinze dias e um mês, respectivamente.

3. Torne os estudos um hábito e não uma obrigação

Sempre que der a hora de você se sentar na mesa para começar a estudar, é importante pensar “vou aprender” e não “tenho que aprender”. O peso de uma obrigação faz com que você fique mais tenso e não sinta prazer no momento.

Mesmo que a aprovação no vestibular seja prazerosa futuramente, é preciso pensar no seu bem-estar atual. Por isso, é fundamental ressignificar os seus estudos para que eles não se tornem uma obrigação, mas um hábito.

Para que isso seja feito, é necessário fazer com que esse pensamento também seja um hábito. Apesar de ser um pouco paradoxal, a ideia é que você se acostume a ver os estudos como uma tarefa que você quer que seja realizada e não uma obrigação. Assim, será mais fácil praticá-la diariamente, com menos problemas de procrastinação ou foco.

4. Descanse

Outro grande erro de quem busca ser aprovado em um vestibular tão disputado é achar que todas as horas do dia devem ser utilizadas para os estudos. Na verdade, se não damos o devido descanso ao nosso cérebro, é bem provável que o seu rendimento caia.

Portanto, para pensar no seu futuro e no seu próprio bem-estar, é preciso se dar a oportunidade de descansar. Além disso, não deixe a sua vida social de lado, nem seus hobbies. Organize o seu horário para que você possa ver os seus amigos e fazer atividades divertidas, que promovam o seu relaxamento.

LEIA TAMBÉM: 8 DICAS PARA ESTUDAR À DISTÂNCIA

5. Busque uma ou mais motivações

Sem uma motivação, é difícil manter o foco nos momentos mais difíceis. Pensar no que levou você a escolher esse curso pode ser tudo o que você precisa para acender a chama nos dias em que tudo parece estar dando errado e bate aquela vontade de jogar os seus sonhos para o alto.

6. Tenha um cronograma bem definido

Ao longo do texto, você leu que é preciso se organizar e separar momentos para determinadas tarefas. Isso só será bem feito ao montar um cronograma com tudo o que você precisa fazer e estudar durante o dia e o horário que cada atividade deve começar.

É importante salientar, nesse caso, que o seu cronograma deve ser realista. Em outras palavras, não tem como você se programar para estudar mais conteúdos do que as horas do dia permitem. Por isso, organize-se de uma maneira equilibrada, colocando momentos para se distanciar dos estudos.

Erros que devem ser evitados

Depois de saber o que pode ser realizado para ajudar você a passar em medicina de primeira, chegou a hora de entender o que não fazer para evitar se prejudicar. Veja!

Sobrecarregar a rotina de estudos

Como visto, designar mais tarefas do que você, de fato, consegue fazer bem — entenda a diferença de realizar uma atividade e realizá-la com eficiência — é um tiro no próprio pé. Ao se sobrecarregar, o seu rendimento cai, mais horas são perdidas e você vai se sentir bem mais cansado no dia a dia.

Falta de organização

A falta de organização vai levar a outros prejuízos, como não conseguir estudar tudo o que você precisa, não ter tempo para lazer e atividades sociais e até mesmo não ter tempo para cuidar de si mesmo. É preciso se lembrar de que o pré-vestibular é apenas um pedaço de sua vida e que não vale a pena dedicá-la inteiramente a isso. 

Não ter foco

Do mesmo modo, não é possível relaxar muito. Você sabe que tem uma grande missão pela frente e o foco é fundamental para não perder a motivação e para se dedicar o suficiente. Por esse motivo, evite procrastinar, fugir das tarefas mais trabalhosas ou se distrair demais.

Descuidar da saúde

Outro erro muito grave é se esquecer de cuidar da própria saúde, seja física ou mental. Ter uma boa alimentação, beber água adequadamente, fazer exercícios físicos, ter uma vida social e momentos relaxantes são atitudes indispensáveis para conseguir a sua aprovação em Medicina. Portanto, não abra mão de nada disso, mas se organize para encaixar e equilibrar as atividades.

Como você pôde perceber, não é todo mundo que sabe como passar em Medicina de primeira e, por isso, comete graves erros que põem em risco a vaga e o próprio bem-estar. Por essa razão, tenha um dia a dia equilibrado e não perca o foco dos seus objetivos.

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios