Ceia de Natal mais Saudável e com toque Brasileiro

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 6 minutos
Com produtos naturais e regionais, dá para se livrar das receitas que pesam no estômago e no bolso, sem perder a tradição da época e o sabor 

Natal em pleno verão não combina com cardápios muito substanciais, carregados em gordura, repleto de produtos importados que não cabem no nosso bolso ou não combinam com o nosso paladar típico… Parece até que a gente caiu na festa errada! Mas é perfeitamente possível acabar com essa sensação e surpreender a família com uma ceia mais saudável, que privilegie os ingredientes regionais, sem perder o gosto de Natal, nem deixar de valorizar a tradição. O segredo está na escolha dos alimentos e em substituições estratégicas.

“Moramos em um país tropical, então muitas das receitas que são consumidas pelos norte-americanos ou europeus nessa época são mais adequadas a quem mora em locais de frio intenso mesmo, ficando um pouco pesadas para o nosso clima quente”, destaca Caio Nunes, coordenador do curso de Gastronomia do Centro Universitário UniMetrocamp. “Podemos mudar um pouco isso fazendo algumas adaptações, agregando mais folhas frescas, oleaginosas, temperos naturais e até menos sal ou açúcar, especialmente nessa época, mas é um novo estilo de alimentação que vale para o ano inteiro”, diz.

Nunes trata de desfazer um mito muito comum: de que comida saudável é comida sem sabor. “Muita gente pensa que se alimentar melhor é tirar ingredientes da sua rotina e não trocar, mas há uma infinidade de opções naturais que deixam os pratos muito mais saborosos”, esclarece o especialista. “Eu posso substituir o açúcar refinado por mel, os temperos processados por frescos, por exemplo, e a grande vantagem do Natal é que é uma época repleta de especiarias, então temos que usar e abusar de cravo, canela, noz moscada, fazer uma boa marinada para assar carnes, tudo isso deixa as receitas deliciosas e com aquele ar de tradição”, complementa. O especialista ainda explica que esse mito está associado a uma cultura alimentar baseada em produtos ultra processados, então, quando a gente começa a consumir produtos naturais, percebe e aprecia o verdadeiro sabor dos alimentos. 

O coordenador do UniMetrocamp acredita ainda que é o momento perfeito para valorizar o que o Brasil tem de melhor. “Podemos pensar em mesas de Natal com produtos mais regionais, não é preciso imitar a ceia lá de fora, isso também ajuda a baratear as compras e deixar mais saudável, eu não preciso comprar importados cheios de química”, ressalta. “Esse é outro mito, de que comer de forma saudável custa caro, mas podemos privilegiar os pequenos produtores do nosso bairro e adquirir produtos orgânicos a custos mais acessíveis, vamos ter uma saudabilidade muito maior e desfrutar de sabores incríveis”, aponta. 

Para Nunes, essa busca pela culinária saudável é geral, estimulada pelo momento cultural que estamos vivendo. “Estamos saindo de ambientes super estressantes, com trabalhos excessivos, começando a olhar para a nossa casa, querendo receber as pessoas, comer melhor, praticar atividades físicas e ter mais saúde, e a alimentação é o que amarra todas essas mudanças”, avalia. “Hoje existe um nível maior de conhecimento também sobre os prejuízos do consumo de alimentos quimicamente processados, sem contar que a pandemia trouxe ao mesmo tempo a preocupação com a saúde e muita gente para dentro da cozinha, muitos aprendendo a preparar seus pratos, isso ressaltou a importância de comer um pouco melhor, com qualidade”, completa. 

Confira as sugestões de Caio Nunes para uma ceia saudável:

Peru com erva doce e limão siciliano

Peru com erva doce e limão siciliano

Ingredientes:

1 Peru 
1 vinho branco seco 
2 bulbos de erva-doce pequenos (ou 1 bulbo grande)
10 dentes de alho
Tiras da casca de 1 limão siciliano
½ xícara (chá) de vinho branco
¾ de xícara (chá) de água
8 ramos de estragão fresco
½ colher (sopa) de azeite
1 cebola
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de preparar: pré-aqueça o forno a 200 ºC (temperatura média). Retire o peru da geladeira e deixe em temperatura ambiente enquanto o forno esquenta. Faça uma marinada de vinho branco com as folhas da erva doce, sal, pimenta do reino, uma cebola e seis dentes de alho. Descarte a parte verde com as folhas da erva-doce e corte o bulbo em 4 fatias, no sentido do comprimento. Lave sob água corrente, com cuidado para não soltar as camadas, e seque com um pano. Com a lateral da lâmina da faca, amasse os dentes de alho e descarte as cascas. Leve o peru para o forno preaquecido coberto com papel alumínio por mais menos 1 hora. Depois deste tempo, coloque os bulbos de erva doce na assadeira.  Adicione as tiras da casca de limão, os dentes de alho e 4 ramos de estragão debulhados — assim as folhas ficam em contato com o peru e passam mais sabor para a carne. Termine o cozimento do peru conforme o tempo indicado na embalagem e sirva a seguir com o molho que se formou na panela.

Purê de castanha portuguesa com inhame

Purê de castanha portuguesa com inhame

Ingredientes:

250 g de castanha portuguesa cozida 
150 g de inhame cozido 
¼ de xícara (chá) de leite vegetal (de coco, castanha ou amêndoa)  morno        
1 colher (sopa) de óleo de coco 
1 pitada de noz moscada
Sal e pimenta do reino a gosto 

Modo de preparar: em uma panela com água, cozinhe o inhame e esprema com as castanhas cozidas. Depois, misture o conteúdo com o leite vegetal morno . Acrescente o óleo de coco e tempere com sal, pimenta e noz moscada.

Arroz verde com talos de agrião Ingredientes: 1 maço de talos de agrião 2 xícaras (chá) de arroz cru, lavado 2 dentes de alhos 1 cebola pequena ralada 2 colheres (sopa) de óleo 100g de semente de abóbora crua 100g de castanha de caju picada Modo de preparar: lave os talos do agrião, junte, e corte bem fininhos. Doure o alho com a cebola no óleo e junte o agrião, refogue-os, e junte o arroz. Refogue mais um pouco, cubra com água e cozinhe em fogo médio até cozinhar a gosto. Finalize com as castanhas de caju e as sementes de abóbora.

Arroz verde com talos de agrião

Ingredientes:

1 maço de talos de agrião
2 xícaras (chá) de arroz cru, lavado
2 dentes de alhos
1 cebola pequena ralada
2 colheres (sopa) de óleo
100g de semente de abóbora crua
100g de castanha de caju picada

Modo de preparar: lave os talos do agrião, junte, e corte bem fininhos. Doure o alho com a cebola no óleo e junte o agrião, refogue-os, e junte o arroz. Refogue mais um pouco, cubra com água e cozinhe em fogo médio até cozinhar a gosto. Finalize com as castanhas de caju e as sementes de abóbora.

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios