Como se preparar para ocupar os cargos de 2021 – TV Nube

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

A crise causada pelo novo coronavírus impactou o mercado de trabalho de maneira inesperada nos seus mais diversos segmentos. Justamente por isso, uma dúvida assola a vida de vários profissionais: como se preparar para os cargos e responsabilidades do futuro? Saiba mais neste Conexão Ilimitada!
                                                                
O novo normal
                                                                
De acordo com o especialista em RH e CEO da Employability, Cláudio Riccioppo, essa crise sanitária alterou diretamente as relações de trabalho e, nesse contexto, novas interações foram criadas. “O home office é cada dia mais impulsionado pelas empresas. Grandes corporações sequer possuem departamentos internos nesse momento”, explica.
                                                                
Construir e manter a empregabilidade em alta
                                                                
Logo, quem não se adaptar a esse diferente estilo de labor e também não se acostumar ao “novo normal”, segundo Riccioppo, está fadado ao fracasso. “Até mesmo médicos estão atendendo a distância. A principal responsabilidade, hoje, é construir e manter sua empregabilidade”, alerta.

Independentemente do setor, é preciso se preparar
                                                                
Em períodos de instabilidade, os segmentos da economia com melhores ou piores resultados variam. Entretanto, segundo estudos divulgados no Guia Salarial da Robert Half, por causa da quarentena, as áreas com mais altas foram tecnologia, finanças e marketing. Mesmo assim, talentos de todos os ramos precisam se atentar às novas demandas para não serem deixados para trás.

Planejamento é imprescindível

Ylana Miller é especialista em RH e sócia-diretora da Yluminarh. De acordo com ela, para 2021, não adianta se paralisar ou se fazer de vítima. “Desde já, é preciso se planejar. Algumas áreas tiveram, sim, problemas sérios com a pandemia, tais como moda, varejo, construção civil e alimentação. Porém, cabe a cada um de nós, como profissionais, termos a preocupação sobre como inovar em nossas trajetórias”, comenta.

Zona de conforto: fuja dela

Portanto, para Ylana, é vital se preocupar com o futuro sempre. “É preciso se atualizar e quando digo isso, falo de ferramentas de computação, tendências na sua área”, orienta a especialista. “Estando em uma posição de ascensão ou não, é preciso ir atrás de conhecimentos”, continua.

Quem busca nunca ficar parado

Eloy Lima da Silva atua como engenheiro elétrico e é um exemplo de quem se atenta às tendências do mercado para continuar com um perfil relevante e atrativo para as corporações. “Em todo momento, nós temos de estar preparados para o mercado. Como a parte de engenharia elétrica atua no setor de tecnologia, temos de ficar antenados com as novidades, em equipamentos, projetos e afins”, comenta.

Adaptabilidade é um conceito valorizado

Uma das palavras mais valorizadas no contexto corporativo é a adaptabilidade. Ela faz parte de um pacote de habilidades socioemocionais, conhecidas como soft skills, mais importantes para lidar com mudanças. Nesse sentido, investir no desenvolvimento dessa capacidade e da inteligência emocional para lidar de maneira saudável e produtiva com crises e períodos de instabilidade pode ser um grande diferencial.

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios