O que é Marca Pessoal e Personal Branding?

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 3 minutos
UniMetrocamp em Parceria com a Nube

Marca pessoal, segundo a especialista, Deize Andrade, “é a impressão estimulada no mundo por meio de nossas palavras, atitudes e ações. É a percepção construída ao longo da carreira, seja na memória ou no coração dos outros. Pode-se definir como uma expressão particular de cada um. Contudo, personal branding é a gestão e a tática consciente adotada com o objetivo de causar o impacto desejado nas relações”, explica Deize.   

Esse planejamento é vital, principalmente se você quer conquistar diferenciais na sua trajetória. Desse modo, o intuito é sempre motivar uma influência positiva sobre si e sobre os princípios transmitidos em sua conduta. Causando então, reconhecimento, notoriedade e lembrança. Dessa maneira, as chances de ser levado em conta como uma opção a uma vaga ou projetos, podem ser ainda maiores.

Com a concorrência acirrada do mercado, os mais preparados tendem a captar maior atenção, por isso essa estratégia pode ajudar nessa condução. As suas crenças pessoais sendo aplicadas nas suas funções e sendo percebidas, podem abrir mais espaços para oportunidades. Entretanto, esse ponto requer cautela. “Investir no acompanhamento, para gerar a percepção de atributos individuais e produzir valores pessoais, deve ir em direção à verdade e sempre genuinamente. Forjar uma visão distante de si prejudica todo esse processo”, alerta Deize.   

Portanto, para atingir objetivos e ter sucesso, trabalhar na companhia de sua essência será indispensável. Alguns acreditam ser preciso mudar a própria personalidade na tentativa de transformar-se de maneira mais interessante. “Isso não é necessário, você deve simplesmente reconhecer e alinhar os seus pontos positivos a esse plano, isso ajudará a torná-lo alguém especial”, orienta Deize.  

Veja algumas cinco sugestões eficientes em Personal Branding para construção de sua marca pessoal. Com elas você pode conseguir se desenvolver e conquistar uma presença de modo marcante.

1 – Em relação à aparência 
A forma como você se apresenta nos ambientes será a maneira percebida por todos, é uma escolha sua para a construção dessa percepção, mas lembre-se: não é unicamente sobre estar alinhado ao dress code, ou seja o código de vestimenta elementar em cada ambiente, mas também são as suas práticas e comportamentos os responsáveis por moldar essa lembrança.

2 – Como está a comunicação visual de seus materiais?
Um cartão de visita de aspecto agradável ou mesmo um currículo organizado são cruciais para transmitir clareza e notoriedade. 

3 – Muitas mudanças de empregos
A sua trajetória curricular diz bastante sobre sua pessoa. São pistas sobre o seu comprometimento e credibilidade. Pular de uma empresa para a outra ou fazer infinitas trocas de cargo em busca de apenas de salários melhores não ajuda nessa construção. Assim como ficar  muitos anos na mesma função.

4 – Desenvolva o seu networking
Expandir a rede de contatos profissionais, conhecendo pessoas influentes, importantes e principalmente com ética, fazem parte da construção de um bom networking. Essas aproximações devem vir acompanhadas de respeito, sinceridade e naturalidade. Mantenha sempre o profissionalismo e o cuidado para não se tornar invasivo.  Portanto, evite ser o famoso “chato”.

5 – Você também é o ritmo de suas entregas 
De nada adianta falar bem de si, apresentar um ótimo aspecto exterior  e não desempenhar bem na sua produtividade. A performance individual é um dos fatores principais  para compor a sua imagem de maneira positiva.

  

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios