Principais posições anatômicas para se preparar para estudar Medicina

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Milhares de pessoas têm vontade de seguir a carreira médica e nem todas elas sabem como é a grade curricular do curso. Por exemplo, neste post vamos falar das principais posições anatômicas.

A Anatomia é uma das primeiras disciplinas a serem estudadas, sendo um conhecimento sobre o corpo humano extremamente importante para o profissional da Medicina. Aliás, várias formações envolvem o estudo do tema, como FisioterapiaEducação FísicaEnfermagemNutrição e outros.

Que tal conhecer um pouco mais? Confira a leitura para já adicionar esse conteúdo na sua bagagem!

Monte desenhos para aprender as terminologias de forma mais fácil.

Qual a posição anatômica de referência?

Também chamada de posição de estudo anatômico, esse é um posicionamento usado universalmente como referência para estudar o corpo humano. O objetivo é favorecer a análise de todos os detalhes da estrutura corporal.

Essa posição pode ser descrita como um indivíduo em pé e com a postura ereta, além dos membros superiores rentes ao tronco e os inferiores paralelos. As mãos ficam espalmadas para a frente e os pés direcionados para a mesma direção, enquanto a cabeça também olha para o horizonte.

Uma curiosidade interessante é saber porque a referência não considera o antebraço em pronação e sim em supinação (com as palmas da mão para frente). A diferença é que no segundo caso os ossos rádio e ulna não ficam cruzados como no primeiro, o que vai facilitar o entendimento das estruturas nessa região.

Quais as principais posições anatômicas?

Fora a posição de referência, existem variações de posições anatômicas que também podem ser utilizadas para estudo, para realizar um atendimento clínico ou qualquer outro procedimento. Veja a seguir quais são elas.

Decúbito ventral

O decúbito ventral ou posição prona acontece quando o corpo está deitado em uma superfície, mas com a face e a região do abdômen voltada para baixo. Em termos populares, é o mesmo que dizer que a pessoa está deitada “de barriga para baixo” ou “de bruços”.

Decúbito dorsal

Ao contrário do item anterior, o decúbito dorsal ou posição supina é quando o corpo está deitado com a face para cima. Pode-se dizer que essa é a postura de descanso ou repouso mais tradicional.

Decúbito lateral

Essa é a posição na qual o corpo está deitado de lado, virado para a esquerda ou para a direita. A postura mais recomendada pelos especialistas para ter uma boa noite de sono é justamente a de decúbito lateral, com um travesseiro entre os joelhos.

Posição de litotomia

A litotomia ocorre na situação em que o corpo está deitado com a face voltada para cima, mas com os pés elevados e com uma flexão de 90 graus do quadril e joelho. Uma maneira fácil de entender essa posição é pensar em alguém deitado no chão com as pernas apoiadas em uma cadeira.

Há quem chame a litotomia de posição ginecológica, pois alguns obstetras colocam as mulheres grávidas nessa disposição para fazer o parto.

Posição de Trendelemburg

A posição de Tredelemburg acontece quando a pessoa está deitada sobre uma maca, com a face para cima e uma inclinação para baixo de aproximadamente 40 graus. Ou seja, os membros inferiores ficam mais altos que a cabeça.

Quais outras terminologias são relevantes?

Os iniciantes em Anatomia devem ficar atentos aos termos que se referem aos planos anatômicos, que são diferentes das posições. Conheça os principais a seguir.

Plano sagital

Representa a divisão do corpo humano entre o lado esquerdo e direito. Sendo assim, quando o plano sagital é mediano significa que as duas metades são idênticas. Quando a divisão não é exata, são formados dois planos sagitais paramedianos.

Plano frontal

O plano frontal ou coronal divide o corpo em parte anterior e parte posterior. É como se houvesse um corte de uma orelha a outra do indivíduo, desde a cabeça até os pés. Então, toda a parte frontal é considerada como anterior, como o nariz e seios. Já as costas e glúteos, por exemplo, ficam na seção posterior.

Plano transversal

Essa é a separação da parcela superior e inferior, podendo ser chamado também de plano axial ou horizontal. Ao imaginar um corte transversal na posição de referência, você vai verificar que as mãos acabam pertencendo ao plano inferior e a cabeça ao superior.

Oblíquo

Os oblíquos são cortes isolados de partes do corpo e que não seguem os planos anatômicos acima. Eles podem ser longitudinais ou transversos, sendo muito comuns para imagens radiológicas, por exemplo.

Se você tiver alguma dificuldade de aprender todas essas terminologias, uma boa dica é montar desenhos para sair das linhas imaginárias e conseguir visualizar cada definição de forma mais clara.

LEIA TAMBÉM: ‘JÁ TRABALHO NA ÁREA, PRECISO FAZER ESTÁGIO?`

Por que é importante conhecer as posições anatômicas?

Saber de todas essas posições é algo relevante para o profissional que vai atuar em alguma das áreas da saúde humana. No caso dos médicos, a realização de exames é uma das tarefas que vai exigir o conhecimento da posição mais adequada ou mesmo ao participar de uma cirurgia. Enfim, são várias as ocasiões que demandam o posicionamento correto do paciente.

Não é por acaso que a Anatomia é uma das principais matérias para quem vai estudar Medicina. Conhecer as particularidades do corpo humano é essencial para construir uma visão sistêmica. Para quem não sabe, as aulas normalmente são feitas com a manipulação de cadáveres — um verdadeiro teste de resistência e equilíbrio emocional para os calouros universitários.

O ideal é que o estudante adquira esse conteúdo no início do curso e tenha em mente toda a terminologia anatômica para ajudar nos estudos mais avançados. Outra questão muito importante das aulas de Anatomia é desenvolver o respeito pelo corpo do paciente, aprendendo a conduzir o toque e realizar os procedimentos da forma certa. Afinal, um bom médico age com ética e precisão.

Enfim, agora você já pode dizer que conhece as principais posições anatômicas, não é mesmo? Se tem interesse por esse assunto, procure também livros ilustrados que vão ajudar na assimilação desses conhecimentos.

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios