Você tem Propósito no que Faz?

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 4 minutos
UniMetrocamp em Parceria com a Nube

Trabalhar com propósito é quando alguém desempenha uma função com grande amor e dedicação. Isso resulta em realização e felicidade no ambiente de corporativo. Ou seja, propõe a vida particular e o entusiasmo profissional caminharem juntos. Portanto, o ofício já não é visto apenas visando os ganhos financeiros, inclui também a evolução individual. 

Diante disso, a ocupação se torna uma ponte com algo maior. Carregando um significativo senso de valor. Nesse sentido, seres com mais motivação se apresentam nas empresas. Consequentemente, os benefícios a todos são incontáveis.

Dessa maneira, funcionários com intuito verdadeiro tem aumentos significativos na sua produtividade. Sendo assim, desempenham funções apoiados em sua paixão, atingindo um alto grau de bem-estar. Portanto, o processo flui, encontrando a realização própria sendo alinhada com as demandas diárias. 

Inclusive, outro fator importante relacionado à intenção verdadeira no funcionário é o baixo turnover (rotatividade) nas companhias, ocasionando menores saídas de pessoal nas equipes. Logo, reconhecer valores gera grande sensação de pertencimento e consequentemente uma maior fidelização. Além do mais, a motivação se aflora nesses colaboradores. É indispensável dizer: uma equipe motivada traz mais resultados. 

Uma nova geração se apresenta

Atualmente, no mercado encontra-se uma nova turma, a chamada geração Z (os nascidos a partir de 1990). Nesse sentido, uma característica se destaca de maneira bem aflorada nessa faixa etária. Eles buscam um sentido superior além de apenas realizar tarefas. Logo, muitos não pensam unicamente em receber um salário e pagar as contas no final do mês. Eles querem mais felicidade, satisfação e senso de liberdade. Portanto, algumas realidades contemporâneas se apresentam.

Diante disso, os gestores precisam estar atentos a esse novo perfil e, assim promover o diálogo. Algumas estratégias podem ser adotadas. Por exemplo, oferecer horários flexíveis, home office, ter um plano de desenvolvimento claro e ofertar treinamentos sucessivos pode gerar valor a esse público. Dessa maneira, deve estar alinhado ao projeto de vida de cada um. Tudo isso será possível com feedbacks (devolutiva técnica e comportamental) frequentes. Em outras palavras, eles necessitam desse retorno para se sentirem valorizados. Inclusive, também “curtem” o reconhecimento constante de seus acertos. 

Segundo o especialista em carreiras, Sérgio Lopes, existem sete domínios para se alcançar nas atividades:

  1. Identidade: quando você se identifica com o afazer;
  2. Propósito: quando as suas crenças individuais estão relacionados;
  3. Relacionamentos ou comunidade: sensação de pertencer a um grupo;
  4. Ambiente sustentável: vem de ideias institucionalizadas, quando produtos ou serviços sobrevivem a qualquer indivíduo;
  5. Aprendizagem ou crescimento: segue a aquisição de uma visão atualizada, ideia ou emoção;
  6. Resolvendo desafios relevantes: criar um panorama de valores pessoais para o cotidiano e para resolver os problemas importantes; e
  7. Deleite: encontrar prazer, apreciação, alegria, civilidade, brincadeira, humor e gratidão nas atividades diárias.

Sendo assim, conquistar esse desígnio e alinhar os interesse nos afazeres está ligado à evolução individual e não apenas material de cada um. Portanto, seguir o coração pode ser um bom começo para quem está com dúvidas.

E você já sabe qual é a sua missão? Descubra como ter mais significado nesse Minuto Carreira com Sergio Lopes. Mantenha seu foco, tenha determinação e trilhe a vitória. Boa sorte!

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios