O que as melhores faculdades de Medicina têm em comum?

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Talvez você já tenha lido ou ouvido em algum lugar que, hoje em dia, o diploma de um curso superior não é mais um grande diferencial. Na verdade, além do diploma, é necessário ter uma formação acadêmica de excelência, em uma das melhores faculdades de Medicina.

Se o seu sonho é ter sucesso na área da Medicina, observar os diferenciais de cada instituição vai fazer toda a diferença na sua escolha. Afinal, a qualidade da sua carreira profissional está intimamente ligada à infraestrutura oferecida pela instituição de ensino.

Mas onde estudar Medicina? Quais são os aspectos a serem analisados antes de selecionar um curso de Medicina que supere suas expectativas? Conheça todos eles a partir de agora!

Reconhecimento do MEC

O primeiro ponto que você deve verificar é a avaliação técnica independente realizada pelo Ministério da Educação (MEC). Além de ser reconhecida pelo MEC, o ideal é que a instituição na qual você ficará por vários anos estudando Medicina tenha um bom desempenho nos dois critérios aplicados:

  • CPC (Conceito Preliminar de Cursos);
  • IGC (Índice Geral de Cursos).

Por meio deles, é possível constatar se aquela faculdade é ou não referência no ensino superior praticado no Brasil. Saiba mais detalhes abaixo.

CPC

As notas do CPC vão de 1 a 5, sendo que as instituições com avaliação inferior a 3 são classificadas como insatisfatórias. O conceito obtido pela instituição de ensino superior reflete a qualidade individual de cada curso oferecido por ela.

Para chegar ao CPC, o MEC leva em conta a infraestrutura dos cursos (recursos disponíveis para o cumprimento do planejamento didático-pedagógico) e a capacidade do corpo docente. Também considera outro fator importante: os resultados do Enade (Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes). 

Incumbido de elaborar e aplicar as provas do Enade, o Inep convoca alguns graduandos do primeiro e último ano de cada curso. Vale salientar que não são todas as faculdades que aderem ao exame.

IGC

Já o IGC se refere à nota global da faculdade ou universidade. O índice é gerado após a verificação de três aspectos:

  • notas atribuídas nos 3 CPCs mais recentes;
  • total de estudantes matriculados nos cursos de graduação e pós-graduação que constem no catálogo atual da instituição de ensino;
  • parecer da CAPES (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

O processo, inclusive, conta com visitas de representantes do Inep. A escala de notas também vai de 1 a 5. Faculdades ou universidades com conceitos abaixo de 3 são impossibilitadas de abrir matrículas para novas turmas.

Investimento em infraestrutura

Independentemente do curso, a faculdade deve disponibilizar uma infraestrutura plenamente voltada à aprendizagem. Em se tratando dos cursos da área da saúde, como Medicina e Biomedicina, a exigência é maior. Isso acontece pela necessidade de construir laboratórios dotados de um conjunto de equipamentos com tecnologia de ponta.

Portanto, nesses tipos de curso, vale fazer uma análise completa da infraestrutura do campus. Essa verificação inclui confirmar quais são os dispositivos concedidos pela faculdade para que os estudantes usufruam de uma formação impecável.

Foco em tecnologia e inovação

Com todo o avanço tecnológico atual, é relevante observar como a faculdade integra o uso de soluções digitais nas aulas. Nesse sentido, repare se a faculdade desejada oferece laboratórios de simulação realística, por exemplo. Eles são determinantes para que o aluno, desde cedo, entre em contato com diversos procedimentos da prática médica.

Nesses ambientes, é possível testar a realização de procedimentos de vários graus de complexidade, da aplicação de um curativo a uma emergência grave, como uma parada cardiorrespiratória. Ter a oportunidade de treinar em laboratórios apropriados é fundamental para que você aplique aquilo que aprendeu na sala de aula convencional.

Outra tecnologia que deve estar presente nas melhores faculdades de Medicina é a projeção 3D. Em aulas de anatomia, por exemplo, a realidade virtual enriquece o nível de interação dos estudantes com as partes do corpo humano e suas respectivas estruturas. Desse modo, a construção do conhecimento se torna intuitiva, o que também facilita a memorização.

O mesmo se aplica à presença de uma mesa digital, que proporciona uma experiência de aprendizagem única. A sua principal função consiste em reproduzir exames de imagem, colaborando para o entendimento do aluno sobre anatomia radiológica. Outra utilidade da mesa digital é seu funcionamento como simulador de cirurgias; nela, o estudante pode treinar algumas técnicas de intervenção.

Ainda sobre a inovação, uma faculdade de Medicina verdadeiramente alinhada às novidades tecnológicas precisa fornecer um aplicativo que facilite a vida de seus alunos. A vantagem de um app não se resume ao acesso às videoaulas: ele deve conter funcionalidades que otimizam determinados processos, como o registro de frequência durante o período de estágio.

Corpo docente altamente qualificado

Nem só de belos prédios e campi arborizados é feita uma faculdade. A qualidade do conhecimento que é compartilhado tem o professor como sua figura central. É ele quem estimula e instiga os estudantes com aulas criativas, divertidas e precisas.

Para tanto, os docentes necessitam de uma sólida formação acadêmica, acompanhada do devido desenvolvimento de suas habilidades pedagógicas. Em outras palavras, não basta ter pleno domínio sobre um dado conteúdo; é preciso saber exatamente como prepará-lo, a fim de que os conceitos abordados alcancem todas as pessoas presentes.

Facilidades para os estudantes

Vale a pena olhar quais são os demais diferenciais da faculdade. Nesse caso, atente à disponibilidade de consultorias específicas para os estudantes, voltadas ao crescimento de carreira. Uma instituição de ensino realmente preocupada com o futuro profissional de seus alunos oferece acompanhamento contínuo antes, durante e depois da formação acadêmica.

Outra dica é se informar a respeito dos convênios firmados com hospitais. Esse cuidado é primordial para que você tenha a oportunidade de vivenciar a prática médica em hospitais altamente qualificados. Acredite, todo esse preparo faz diferença na qualidade da sua residência médica.

Por fim, ouça o que os ex-estudantes da faculdade têm a dizer sobre ela, pois esses depoimentos costumam ser esclarecedores sobre diversos aspectos. Além disso, é aconselhável visitar algumas das melhores faculdades de Medicina antes de se decidir por aquela que esteja mais alinhada ao seu perfil de estudante. Analisar a grade curricular do curso é muito importante e, enquanto avalia as disciplinas, você verá que o curso de Medicina do UniFacid é aquele que você busca.

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios