O valor da organização financeira #TVNube

COMPARTILHAR
Tempo estimado de leitura: 4 minutos

Você costuma controlar seus ganhos e suas despesas? Cuidar bem do nosso bolso é uma tarefa essencial, mas nem todos prestam atenção a isso. Para esses, a chance de enfrentar problemas financeiros é maior e fica, inclusive, mais difícil de resolvê-los. Portanto, é essencial encontrar meios de evitar complicações quando o assunto envolve dinheiro. Entenda mais!
                                                                           
Cenário atual
                                                                           
Segundo um estudo realizado pela empresa Acordo Certo, cerca de 40% dos brasileiros começaram 2021 menos endividados. Embora essa seja uma perspectiva positiva, isso não anula o fato de ainda haverem pendências financeiras a serem resolvidas por esse grupo. Além disso, outros 28% iniciaram o ano com mais débitos.
                                                                           
A raiz do problema financeiro do Brasil
                                                                           
De acordo com Luciana Ikedo, assessora de investimentos, CEO e fundadora do escritório Ikedo Investimentos, a maioria das pessoas acaba não sendo regrada quando o assunto é ganhos e despesas por um excesso de otimismo. “Elas imaginam algo inesperado acontecendo para as situações se resolverem”, comenta.

Ainda segundo a especialista, outra parte dos brasileiros também podem ter medo de tomar ciência da situação real do fluxo de suas contas bancárias. “Elas gastam mais em relação aos ganhos, mas não têm a coragem necessária para saber quais são as dívidas, receitas, para então se regrarem para fecharem no azul”, destaca.
                                                                           
A crise influenciou no cenário atual

De acordo com uma pesquisa realizada pela CNC – Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, o endividamento dos consumidores cresceu a nível recorde no ano passado. Em dezembro de 2020, cerca de 66% das famílias brasileiras tinham dívidas e esse é o maior patamar desde 2010.

Dicas para lidar com um saldo negativo

Camilla Clemente, diretora de produtos, marketing e UX da ConsigaMais+ destaca como lidar com um saldo negativo. “O primeiro passo é não se desesperar, ter calma e raciocinar. Levante todas as contas não pagas, inclusive as faturas de cartão de crédito e as some. A partir daí, você terá o valor exato da dívida e passará a se relacionar com o dinheiro de maneira mais adequada”, comenta.

Ainda para ela, uma das soluções pode ser buscar linhas de crédito mais baratas, como o consignado. “Pode ser uma excelente opção. Além de taxas mais baixas, há prazos mais longos para se pagar e isso te dá um fôlego maior.

Quem enfrentou cenários desfavoráveis

Henrique Torres, economista e professor no Instituto BBS Angola, já passou por problemas na hora de fechar as contas do mês e relata quais foram as estratégias para resolver a situação. “As dificuldades financeiras, quando aparecem, você tem de buscar sempre identificar quais são os gastos fixos dos variáveis”, destaca.

Para ele, os dispêndios dessa primeira categoria são aqueles essenciais para manter a vida, como água, luz, aluguel, alimentação. Já os outros estão relacionados ao lazer, como por exemplo, baladas, festas, viagens, etc. Assim, será possível “diminuir as despesas variáveis”.

Em períodos de instabilidade econômica, a necessidade de ser analítico, enxugar gastos e controlar as despesas fica ainda maior. Portanto, a chave para ter sucesso quanto a isso é a organização.

Veja dicas para obter renda extra!

CADASTRE-SE PARA RECEBER INFORMAÇÕES SOBRE NOSSOS CURSOS

Informe o seu nome completo
Informe um número de celular válido
Preencha todos os campos obrigatórios